Otimização do estoque: o que fazer para evitar produtos sem giro

Empresas que atuam com a comercialização de produtos sempre enfrentam situações complicadas relacionadas a estoque. De um lado, existe a preocupação de ficar sem mercadorias para atender os clientes; do outro, a complexidade de gerir o estoque e evitar itens parados no depósito.

 

Os profissionais responsáveis pela gestão de estoque sabem muito bem que mercadorias sem giro geram prejuízos para a organização, como desperdício do que foi investido na manufatura ou na compra dos itens, a ocupação mal planejada do depósito e a manutenção do inventário estagnado. Mas a falta de produtos impacta negativamente na satisfação do cliente, que pode acabar comprando o produto na concorrência.

 

Mas como é possível resolver essa situação?

Existem algumas atitudes que você pode tomar para acabar de uma vez por todas com esse dilema. Confira abaixo 4 dicas para nunca mais ter produtos sem giro no seu estoque.

 

1. Faça uma avaliação do seu estoque

 

Para começar, você precisa conhecer o seu estoque. Saiba o que tem em excesso e investigue as razões de isso ter acontecido. Descubra quais são as mercadorias que estão paradas e há quanto tempo elas estão nessa condição. Verifique, também, quais são os produtos que têm mais saída, os que costumam ter menos procura, os que estão faltando e aqueles que estão quase acabando.

 

Lembre-se de que o intuito dessa avaliação é conhecer melhor o seu negócio e melhorar o gerenciamento do seu depósito.

 

2. Descubra quais são seus gastos com o estoque

 

Como já foi falado neste post, mercadoria parada representa prejuízos para a sua empresa. Mas você sabe exatamente quanto é gasto para manter cada produto parado? Para poder mensurar esses valores, calcule todos os seus custos de manutenção do estoque. Assim, você consegue avaliar o impacto de cada mercadoria parada nesses gastos.

 

3. Estimule a movimentação das mercadorias sem giro

 

Existem algumas estratégias que podem ajudar a impulsionar a movimentação desses produtos parados:

– Liquidações: Disponibilizar esses itens sem giro por um preço promocional é uma excelente tática para atrair consumidores. Calcule o valor do desconto de acordo com as informações coletadas nos tópicos acima e considere, principalmente, os gastos que você está tendo com a mercadoria estagnada em seu depósito. Oferecer um desconto maior pode ser melhor do que arcar com os custos de armazenamento.

– Combos: Planejar combos de produtos pode entregar vantagens para o seu negócio. Com essa estratégia é possível despertar o interesse dos clientes em relação a produtos que antes eles nunca tinham pensado em comprar.

– Brindes: Em alguns casos, vale estudar a possibilidade de movimentar essas mercadorias paradas ofertando-as como brindes para compras acima de um determinado valor, por exemplo. Nessa opção, você também pode acabar despertando no seu cliente o interesse em adquirir esse produto em novas compras.

 

Importante: Investir em ações promocionais sem dúvidas é mais interessante do que manter os produtos parados no estoque. Mas é preciso atentar-se ao detalhe de que o lucro com essas mercadorias será menor do que o planejado e pode afetar o  planejamento financeiro do negócio. O ideal é que o gestor faça o acompanhamento desde o início para saber quais itens estão com as vendas baixas para não precisar recorrer a essa solução.

 

4. Automatize a gestão do seu estoque

 

Investir em ações estratégicas que tornem a empresa cada vez mais competitiva é indispensável. Nesse cenário, confiar o gerenciamento de seu estoque para um software de gestão é uma opção bastante recomendada.

 

Você sabia que já existem ferramentas que automatizam tudo o que foi falado nos tópicos acima? Com um sistema ERP você tem um controle facilitado e completo de cada movimentação que acontece em seu estoque. Em uma só plataforma, integrada aos outros setores da empresa, é possível ter acesso a todas as informações que envolvem desde a produção ou a compra das mercadorias até a chegada delas às mãos de seus clientes.

 

Uma solução ERP permite, também, fazer uma análise gerencial profunda do desempenho do seu negócio com base em relatórios completos e específicos de cada setor. A solução ERP da VarejOnline ajuda você a ter acesso a informações como: comparativos de vendas e estoque, produtos em estoque, ranking por produto, análise de desempenho, produtos sem vendas, entre vários outros indicadores. Sempre de forma automatizada, economizando o seu tempo e facilitando a tomada de decisões a partir de informações precisas e extremamente confiáveis.

– Leia também: Gestão de estoque: 9 análises para uma gestão sustentável.

Garantir a gestão completa e assertiva do estoque não é uma missão fácil. Portanto, contar com um software que automatiza todas as atividades e entrega resultados que antes eram inimagináveis de serem alcançados é um excelente caminho, garantindo à sua organização a redução de custos e a economia de recursos.

Juliano Mortari

CEO - VarejOnline. A VarejOnline nasceu com a missão de transformar a operação de redes de franquias e lojas por meio de uma ferramenta simples e completa, garantindo eficiência na gestão e lucratividade para a empresa. Com 12 anos de mercado, 1.500 lojas cadastradas e mais de 20 mil usuários, a VarejOnline é composta pela matriz em Joinville (SC) e seis franquias posicionadas em grandes polos comerciais do país, facilitando o atendimento em todo o território nacional.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.