5 dicas para ter uma rede de franquias alinhada estrategicamente

Uma das principais razões para se realizar a expansão de um negócio através do sistema de franchising é a possibilidade de ter uma rede grande em um tempo relativamente curto.

Ter uma rede grande gera muitos benefícios como: aumentar o poder de barganha em relação aos fornecedores e gerar maior valor para a marca. Falo mais sobre isso neste vídeo.

Agora, ter uma rede grande traz também alguns desafios e talvez o principal deles seja conseguir ter uma comunicação clara com as filiais, mantendo todos alinhados com os objetivos e estratégias da rede.

Vou apresentar aqui algumas dicas para que este desafio possa ser superado com tranquilidade.

Dica 1: Clareza de que o planejamento estratégico é papel da franqueadora

É importante entender que a gestão estratégica da marca e da rede é realizada pela franqueadora. Algumas vezes, vejo franqueadores iniciantes atribuindo entre os papéis do franqueado realizar o planejamento estratégico da sua unidade, mas isto é um equívoco.

O franqueado deve ser responsável pelas ações táticas e operacionais, que são desdobramentos da estratégia definida pelo franqueador.

Dica 2: Ter uma estratégia bem definida

Agora que já está bem claro que o papel de estrategista é da franqueadora, deve ser feito um grande trabalho de planejamento estratégico para a rede, com:

  • Um direcionamento muito específico de onde se quer chegar;
  • O que será feito para chegar lá;
  • Os indicadores que vão mostrar se estão no caminho certo;
  • Quando os objetivos foram atingidos.

Claro que o mercado muda, os clientes mudam e o próprio negócio muda, mas isto não é desculpa para não ter uma estratégia consistente e bem definida.

Se não existe uma estratégia sólida e defendida pela alta direção da franqueadora é impossível que toda a rede esteja alinhada porque não existira um fio condutor que direcione os esforços e a busca de resultados.

Dica 3: Fonte única de informações

Quando franqueador já tem uma estratégia bem definida, é importante que todas as informações relacionadas a esta estratégia como objetivos, planos de ação, metas e indicadores tenham sempre a mesma origem.

Se uma pessoa diz uma coisa e outra fala diferente, o alinhamento da rede ficará totalmente fragilizado. O mesmo acontece com documentos e comunicados que possuam desalinhamento. Uma falha deste tipo pode ter um impacto muito grande para o sucesso da estratégia.

Dica 4: Endomarketing

O engajamento e o comprometimento da rede acontecem através das pessoas, simples assim. Não adianta ter um linda estratégia e excelentes canais de comunicação se as pessoas envolvidas não “compram” as ideias e conceitos estabelecidos.

Estive recentemente em uma palestra do Robinson Shiba, do China in Box, uma das mais respeitadas redes de franquias do país.  E ele fez questão destacar a questão do endomarketing para que tudo acontece na rede.

Ele deu como exemplo a execução de uma simples ação promocional de um “combo”. Enfatizou que, se o franqueado não acredita naquela ação, ele vai transmitir a importância para os seus funcionários e, se os funcionários não acreditam que a ação é importante, não funciona!

Se isto acontece com simples ações promocionais, é fácil imaginar que se os consultores de campo, os franqueados e os funcionários das unidades próprias e franqueadas não se sentem sensibilizados pelas ações que devem realizar para a efetividade da estratégia, o resultado será muito abaixo do esperado.

Para fazer a comunicação e a sensibilização, deve ser realizado um trabalho de endomarketing bem estruturado para colocar todos no mesmo barco e no mesmo ritmo.

Dica 5: Uso de ferramentas

A dinâmica do mercado e das próprias empresas exigem que a comunicação seja fluída e precisa em toda a rede. Para isto é necessária a utilização de ferramentas que permitam a comunicação e gestão da rede.

Existem diversas tecnologias no mercado com diferentes usos e funcionalidades. Devem ser analisadas as soluções disponíveis para identificar as mais adequadas para as características da rede e para a estratégia adotada pela franqueadora.

 

O sucesso de qualquer franquia depende de uma estratégia bem planejada e de uma comunicação clara e efetiva com a rede. A implantação das dicas apresentadas aqui pode com certeza ajudar na construção de uma rede forte e coesa.

Para conhecer outras características das franquias de sucesso, é só clicar aqui: Infográfico 10 Características das Franquias de Sucesso.

 

Sobre a FRANQUEADOR.COM

A FRANQUEADOR.COM é uma consultoria focada na formatação e gestão de franqueadoras. Conduzida por Erlon Labatut, MSc que é consultor e professor com grande experiência no setor de franchising.

Erlon Labatut

Consultor membro da ABF - Associação Brasileira de Franchising, Empreendedor, Adminstrador pela UFPR e Mestre pela UTFPR. É Coordenador Técnico do Programa Franquias Paraná do SEBRAE; e no ISAE/FGV é Coordenador do Curso de Franchising.

2 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.