Ana Bittar

Saiu de Minas Gerais pra cursar Administração em uma ilha bonita e acabou descobrindo a Ilha do Silício. Trabalha como Customer Success na Disruptiva Franchise Intelligence e acha que SC seria melhor se os bares vendessem porção de torresmo.