4 tendências que vão aparecer mais no varejo em 2019

Alguns conceitos que têm sido muito falados e continuarão em destaque para 2019 são: experiência do consumidor, personalização, integração e agilidade. Eles envolvem tecnologias que pareciam coisa do futuro, mas que já fazem parte do nosso dia a dia. E com a ajuda delas e de muita criatividade, não vai faltar inspiração na hora de planejar novas estratégias para se destacar no mercado.

 

O consumidor está sempre em busca de mais facilidade para tomar a decisão de fechar uma compra e para ter o produto que deseja pelo melhor preço e em menos tempo. Isso diz muito sobre o que ele espera encontrar nas lojas – físicas e on-line – neste ano e o que a sua marca pode fazer para atrair sua atenção, fidelizá-lo e fechar mais vendas.

 

Acompanhe este artigo para conhecer 4 tendências que estarão em alta no varejo em 2019 – ele contém insights interessantes para você colocar em prática no seu negócio nos próximos meses.

 

1. Omnichannel – a integração de todos os canais

Essa tendência já tem sido bastante notada nos últimos anos. Para 2019, a promessa é que essa integração seja ainda mais explorada.

 

Enquanto no e-commerce o cliente pode adquirir um produto a qualquer hora do dia e em qualquer dia da semana, na loja física ele pode ter a experiência ao vivo com o item. No app da loja é possível encontrar e comparar infinitas opções similares a um produto de interesse, já na loja física um vendedor pode ajudar a esclarecer todas as dúvidas e encontrar a opção ideal.

 

Se cada canal possui suas vantagens, por que não unir todos eles para melhorar a experiência do consumidor com a sua marca? Ainda é minoria a quantidade de lojas que investem na integração do físico com o on-line, mais uma razão para adaptar seu modelo de negócio neste ano para se destacar e atrair mais clientes.

 

2. PDVs como minicentros de distribuição

Já tem sido mais comum no e-commerce o consumidor ter a opção de retirar seu produto na loja física mais próxima. Para este ano, a tendência é que mais marcas invistam nessa facilidade justamente por oferecer mais agilidade e autonomia ao consumidor.

 

Além de ser vantajoso para o cliente por não precisar pagar pelo frete, ele ainda tem a possibilidade de pegar o seu produto de forma mais conveniente, no horário de seu interesse, em vez de precisar esperar dias e ficar dependendo dos serviços de entrega que não oferecem a possibilidade de agendar o melhor horário para o recebimento do produto.

 

3. Big data e inteligência artificial para oferecer experiências mais personalizadas

O número de dispositivos conectados à internet tem aumentado continuamente. Com isso, temos mais e mais pessoas compartilhando informações valiosas on-line, que envolvem hábitos de consumo, suas necessidades, preferências e muitos outros conteúdos capazes de ajudar a elevar as estratégias de marketing. Tudo isso aliado às informações armazenadas em um sistema ERP serão essenciais para planejar novas ações em seu negócio.

Leia também: Machine learning e big data salvarão o varejo físico?

 

Isso porque com informações detalhadas é possível utilizar a inteligência artificial para atingir seu público de forma mais personalizada, o que com certeza irá atrair sua atenção. Imagine seu negócio tendo a capacidade de antecipar as ofertas que possam interessar seu cliente mesmo antes de ele pensar nisso. Além de ser mais certeira, essa modalidade ainda ajuda o consumidor a ter uma experiência extremamente ágil. Isso com certeza fará diferença para seu público.

 

Outro ponto a favor para a inteligência artificial será também a capacidade de criar promoções instantâneas baseadas nos interesses e na jornada de compra do público, e também de acordo com os preços da concorrência, oferecendo ofertas realmente imperdíveis e com prazos mais curtos para serem encerradas. Lembrando que o senso de urgência é uma tática que costuma gerar muitos resultados.

 

4. A experimentação melhorada na loja física

A loja física tem ganhado um novo papel na decisão de compra dos clientes. Um hábito que faz parte dos novos modelos de consumo é conferir o produto pessoalmente na loja física após conhecê-lo nos canais on-line.

 

Nesse contexto, o PDV tem a oportunidade de entregar experiências que melhorem a interação com o produto, por meio do atendimento diferenciado, do ambiente da loja projetado para entregar um momento único para o cliente e da facilidade e autonomia para conhecer e explorar a sensação de interagir com o item desejado da melhor forma.

Quer saber mais sobre integração no varejo para melhorar suas estratégias em 2019? A solução ERP da VarejOnline representará um excelente começo para melhorar seus resultados.

Juliano Mortari

CEO - VarejOnline. A VarejOnline nasceu com a missão de transformar a operação de redes de franquias e lojas por meio de uma ferramenta simples e completa, garantindo eficiência na gestão e lucratividade para a empresa. Com 12 anos de mercado, 1.500 lojas cadastradas e mais de 20 mil usuários, a VarejOnline é composta pela matriz em Joinville (SC) e seis franquias posicionadas em grandes polos comerciais do país, facilitando o atendimento em todo o território nacional.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.