4 problemas graves de gestão de quem não tem inteligência analítica – Franchise Intelligence

4 problemas graves de gestão de quem não tem inteligência analítica

4 problemas graves de gestão de quem não tem inteligência analítica

É bastante comum empresas de diferentes portes terem dificuldades em manipular todos os dados que geram em seus departamentos e, mais difícil ainda, extrair informações e insights para as tomadas de decisão. Essas dificuldades podem causar desde atrasos nas resoluções de problemas até grandes prejuízos para a empresa.

Apesar de comum, esses problemas possuem solução, então vamos ver quais são as principais situações que essas empresas passam e, se você se identificar com uma delas, veja também como resolver.

Muitas, muitas, tabelas, planilhas e relatórios soltos

A rotina costuma ser assim: periodicamente as equipes elaboram os relatórios e planilhas com o seu desempenho ao longo do tempo e enviam para a diretoria geral da empresa. Essa, por sua vez, se vê em meio a inúmeras tabelas, sem saber ao certo por onde começar uma análise mais profunda sobre determinado assunto.

Além do problema da quantidade, é difícil identificar quais indicadores precisam de atenção prioritária e ainda percebe-se que algumas métricas são medidas por equipes e jeitos diferentes e, consequentemente, os resultados não batem.

Assim, ter inúmeras planilhas para analisar, toma mais tempo dos gestores e decisores e ainda podem trazer dados imprecisos e direcionar decisões erradas.

Cruzar informações para obter insights parece ser uma missão impossível

Com tantas fontes de dados e ainda que se divergem, como seria possível cruzar informações? Para qualquer decisão estratégica assertiva é fundamental analisar dados de vendas, indicadores de vendedores, performance da rede de lojas por região, estoque etc, e encontrar padrões. Por exemplo, itens mais vendidos por temporada ou região em anos anteriores para prever tendências ou a boa performance de uma loja em relação à rede por conta dos produtos mais vendidos.

Esses e outros insights só são possíveis se cruzar informações de áreas diferentes e, para isso, os dados precisam estar unificados, claros e verossímeis.

Possibilidade de analisar apenas o passado

Com a demora do processo até os diretores conseguirem tomar qualquer decisão, os dados já estão defasados, ou seja, todas as ações são tomadas em relação ao passado. Além disso, é difícil analisar como a loja ou a rede está no atual momento, uma vez que os dados entre os relatórios não batem e podem trazer filtros que mascaram a realidade.

Dessa forma, se até analisar o presente é difícil, muito mais olhar para o futuro e saber o que mercado e o consumidor esperam.

Não identificar problemas em seus estágios iniciais

Como dito no item anterior, analisar a situação atual do negócio é difícil, então, os problemas e desvios nos indicadores de performance só serão percebidos após tomarem uma proporção maior ao longo das semanas ou meses.

E, quanto mais tempo se demora para detectar um problema, mais custoso é reverter a situação e maior o prejuízo para a empresa. Em alguns casos, pode até ser irreversível.

Mas, como é possível solucionar essas situações?

Todos esses problemas têm uma causa comum: a dificuldade em interpretar os dados para retirar análises relevantes. Por isso, buscar soluções que integrem as informações e de diferentes setores, é fundamental para que desde o gerente de loja até o presidente da rede possam entender a situação em que se encontra.

Um exemplo é a Plataforma Franchise Intelligence, que integra informações de Vendas, Estoque e Clientes, sem mencionar dados de outras tecnologias, como fluxo de pessoas, e-commerces etc.

 

Como você dribla esses problemas de falta de inteligência analítica? Conta pra gente nos comentários.

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. O que a inteligência analítica pode fazer pelo seu negócio – Franchise Intelligence

Leave a comment

Your email address will not be published.


*